Cansei de vender miçangas, e agora?

(Parte 1)

Também cansei de vender miçangas (rs)! Vinda da fotografia e da arte como a única forma de obtenção de dinheiros, fui obrigada (por motivos óbvios de falta de grana pois viver de arte no Brasil é só pra rico) a voltar para tecnologia. E daí fiz-me a pergunta: Por onde eu começo?

Bem, ~se você já tem algum conhecimento sobre tecnologia~, eu sugiro começar a frequentar os eventos, como os meetups e encontros sobre tecnologia para saber qual está na moda no momento (É!!! Geralmente vai aparecer trampo pra quem manja das novidades). E se você não manjar nada nada, zero, nadica… VÁ MESMO ASSIM, mesmo se não entender sobre o que é, apenas vá! Compareça e comece a anotar tudo que te parece interessante.

Eu sempre gostei muito de eletrônica, de mexer em tecnologias embarcadas e entender de como tudo é feito e como tudo funciona. Daí indentifiquei-me muito com a área de sysadmin, infra (dos computador da vida…) e desenvolvimento.

## OK… Mas não entendo nada de nada disso aí que escreveu…

Um exemplo bem prático que costumo dar sobre como funciona o fluxograma de entrega de software, em analogia:

Pense num cenário em que precise construir um prédio muito diferente para atender uma necessidade muitoespecífica sua. Você contratou uma construtora para iniciar seu projeto. Uma equipe da Área de Negócios da construtora entrou em contato e coletou informações necessárias sobre o que você precisa e o que você vai investir. A construtora X irá desgnigar alguns arquitetos e engenheiros para transformar sua ídeia em documento visual, ou seja, em projetos, de acordo com sua necessidade. A partir daí, uma equipe de engenheiros são acionados para projetar toda infraestrutura necessária para compor seu imóvel. E Seu imóvel começa a ser construído, desde a fundação até os detalhes estéticos. Pensando neste cenário, é possível imaginar que o fluxo de desenvolvimento de um sistema envolve diversas áreas e tipos de tecnologias, variando desde do técnico até área administrativa, etc…

Mas… Pensei que iria rolar alguma dica sobre o que estudar…

Pra começar a estudar alguma linguagem, começe pela linguagem Python. É uma linguagem poderosa fácil de aprender e muito intuitiva. E existe muito mercado desde desenvolvimento de sistemas, acadêmica e até na área de Inteligência Artificial (~que atualmente estudo~ [atualmente Golang]). Uma outra linguagem é o Javascript, sendo base de inúmeros frameworks de front-end(instruções de código que montam a parte visual do app) muito bem cotados no mercado como, por exemplo, o React.Js, desenvolvido pelo Facebook; O Angular, Desenvolvido pelo Google em parceria com a Microsoft. O Javascript também entrega-lhe base para aprender a desenvolver em Node.js, que é um framework poderosíssimo para back-end(instruções de código por trás do app).

E reforçando: Se jogue em eventos, mesmo se no início não entenda nada. É muito importante que as pessoas vejam você.

:)